Por que contratar um Treinamento em Mediação para sua empresa? | Guilherme Tavares | Negociação, Vendas e Mediação | Uberlândia
Por que contratar um Treinamento em Mediação para sua empresa?

Por que contratar um Treinamento em Mediação para sua empresa?

Compartilhe esse post!

Seja para resolver disputas internas entre seus próprios funcionários ou para melhorar suas relações externas com seus parceiros, um treinamento em mediação pode ter grande resultado em sua companhia.

É crescente no Brasil, a tendência das empresas contratarem mediadores profissionais para ajudarem a resolver disputas internas e externas. E cada vez mais, líderes começam a reconhecer também o valor em treinamentos de mediação para si e seus funcionários. Embora haja momentos em que os serviços de um mediador profissional imparcial são necessários, também pode haver casos em que os funcionários possam usar treinamentos e habilidades de mediação para resolver seus conflitos de maneira rápida e eficaz, internamente.

OS BENEFÍCIOS DA MEDIAÇÃO

Na mediação, um terceiro neutro tenta ajudar as partes em conflito a formular uma resolução que seja sustentável, voluntária e não obrigatória.

E em treinamentos de mediação, à medida que os funcionários aprendem diversas técnicas aplicáveis à sua vida profissional e pessoal, a mediação gera vários benefícios em processos de resolução de disputas. Na mediação no local de trabalho, o mediador pede que os próprios funcionários encontrem uma solução para o problema compartilhado. Por meio de brainstorming e colaboração, os funcionários muitas vezes fortalecem seu relacionamento durante a mediação e se tornam mais bem preparados para trabalhar juntos no futuro.

A mediação também é um meio relativamente rápido e barato de resolver disputas, mesmo quando o custo do treinamento em mediação também seja contabilizado. Como a mediação é frequentemente eficaz na redução das tensões, geralmente é inteligente começar com esse processo razoavelmente barato antes de recorrer à arbitragem ou litígio (processos judiciais).

Por meio do treinamento em mediação, os funcionários aprenderão habilidades valiosas que podem ajudá-los no relacionamento entre seus colegas de trabalho:

  • Expressar suas emoções, negativas e positivas, de forma construtiva à organização;
  • Ouvir críticas e reclamações sem se tornar defensivo (atacar);
  • Estimular o brainstorm de soluções que satisfariam todas as partes envolvidas;
  • Promover um ambiente em que os funcionários se sintam à vontade para mediar disputas.

6 ETAPAS DA MEDIAÇÃO:

Segundo a mediadora profissional Kimberlee K. Kovach destaque no capítulo “Mediação” do Manual de Resolução de Conflitos (Jossey-Bass, 2005), são 6 as etapas básicas de um processo de mediação:

  1. Planejamento. Antes do início da mediação, o mediador ajuda as partes a decidirem onde devem se encontrar e quem deve estar presente.
  2. Introdução do mediador. Com as partes reunidas na mesma sala, o mediador se apresenta, apresenta os participantes, descreve o processo de mediação e estabelece as regras básicas de convivência.
  3. Tempo para observações. Cada lado tem a oportunidade de apresentar sua visão da disputa, sem interrupção pela outra parte. Além de descrever os problemas que acreditam estar em jogo, eles também podem ter tempo para expressar seus sentimentos.
  4. Discussão conjunta. Em seguida, o mediador e os mediandos estão livres para fazer perguntas com o objetivo de chegar a um melhor entendimento das necessidades e preocupações de cada parte. Como os lados em disputa geralmente têm dificuldade em se ouvir, os mediadores repetem o que ouviram e pedem esclarecimentos quando necessário.
  5. Sessões privadas. Se as emoções forem muito afloradas, o mediador pode dividir os dois lados em salas separadas para sessões privadas, que são tipicamente confidenciais. A promessa de confidencialidade pode encorajar os disputantes a compartilhar novas informações sobre seus interesses e preocupações.
  6. Negociação. Neste momento, é hora de começar a formular ideias e propostas que atendam aos interesses centrais de cada parte. Algumas resoluções serão verdadeiramente “ganha-ganha”; outros serão apenas pouco aceitáveis para um ou ambos os lados. Se as partes chegarem a um consenso, o mediador delineará os termos e poderá redigir um acordo preliminar.

TREINAMENTO DE MEDIAÇÃO PARA LÍDERES

Ao invés de impor uma decisão, um mediador qualificado utiliza suas habilidades de comunicação, objetividade e criatividade para ajudar os mediandos a alcançar sua própria solução voluntária para o conflito.

Em seu livro Leading Leaders: How to Manage Smart, Talented, Rich, and Powerful People , o professor Tufts University, Jeswald Salacuse, defende que, para os líderes, esse papel pode ser mais complicado. Ao contrário de um mediador real, os gerentes terão de conviver diariamente com o resultado daquela disputa em questão. Suas alianças pessoais, experiências com os disputantes e objetivos, podem levá-los a ter opiniões fortes sobre o melhor resultado, prejudicando sua imparcialidade.

Além disso, os líderes tenderão a querer que a solução negociada satisfaça os interesses da organização como um todo, bem como os dos disputantes. Por essas razões, os líderes precisam adaptar as habilidades de mediação aos seus propósitos. Enquanto os disputantes respeitarem sua autoridade, os líderes podem se sentir capacitados para tentar mudar o comportamento de um ou ambos os lados para servir aos melhores interesses da organização, escreve Salacuse. Um gerente pode fazer isso oferecendo recompensas, impondo punições ou convidando especialistas no assunto, por exemplo. No entanto, para questões pessoais delicadas, um mediador profissional neutro pode ser a melhor escolha.

Em suma, ao participarem de um treinamento de mediação, os líderes poderão ajudar seus colegas a se relacionarem melhor – focando no trabalho.

Quer negociar melhor, influenciar e agregar valor ao seu produto no Agro? Baixe agora o Ebook gratuito: 4 Formas de Influenciar no Agronegócio | Como aplicar a Metodologia Harvard e a Neurociência em suas negociações

Por Guilherme Tavares, traduzido e adaptado de

Author (Autor): Katie Shonk

Article title (Título do Artigo): “Mediation Training: What Can you Expect?”

Website title (Site): PON – Program on Negotiation at Harvard Law School

https://www.pon.harvard.edu/daily/mediation/mediation-training-can-expect/

Publication date: January 10th, 2019

Compartilhe esse post!

Deixe uma resposta

shares
pt_BRPortuguese
en_USEnglish pt_BRPortuguese